29 agosto 2017

Milagre de Flor, Mãe do Mar e Amor...

Cheguei da Índia e já tinha a decisão de oferecer a Iemanjá, em gratidão à Mãe Divina, todas as 4 fitas recebidas de proteção nos 4 rituais de fogo que participei lá - iniciações do curso para me tornar Professora de Yoga.

Desde o 1o Ritual na Índia, ao receber a 1a fita amarrada no pulso, eu soube que ofereceria à Rainha do Mar. Antes de ir, eu invoquei a proteção, sinais, luz, guiança de todas as Mães Divinas... Usando comandos fortes, eu clamei: eu invoco agora, o Amor da Mãe Divina, eu ativo o Centro Amoroso do coração de todas as Mães Divinas, e demando um sinal agora... Me mostra, Mãe, se estou no caminho certo.

No dia seguinte, eu ganhei a viagem de presente.

Na Índia, 1o domingo, eu mergulhei no Ganges para agradecer à Mãe Ganga... e já sabia que no Brasil eu mergulharia no mar para ofertar a Iemanjá a gratidão por todas as bênçãos recebidas.

Estou em Santa Catarina, e o frio não convida a entrar no mar. (continua...) Entrei. Porque queria também me sentir abençoada e envolvida pela Rainha dos Mares. O mar estava meio agitado e o vento gelado, mas a água não me gelou. Eu agradeci tudo o que recebi e ofereci as fitas como sinal da minha gratidão.

Uma flor veio em minha direção nas águas. Fiquei tão feliz! Como pode 1 flor de Ibisco, no mar agitado, vir justamente até mim? Era a Mãe mostrando que sabia que eu estava ali.

Peguei a flor, coloquei sobre as fitas em minha mão direita. Beijei a flor e baixei a mão na água, entreguei ao mar. Flor e fitas foram embora boiando, pelo mesmo caminho que a flor veio. A Mãe recebeu minha oferenda, pensei...

Mergulhei. Cabelos molhados e o vento, eu achava que não ia mergulhar, mas ouvi que deveria baixar 3 vezes a cabeça sob as águas. Assim o fiz, obediente e abençoada.

Eu sinto sempre tanto frio, e nada de tremer, estava tão perfeito tudo...

Mãe Divina acalenta, aquece, protege e recebe com uma flor as oferendas da filha feliz...

Nenhum comentário: